segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Um Cristão Feliz



Partes de um sermão de Charles Haddon Spurgeon, traduzidas e adaptadas pelo Pr Silvio Dutra.

"O Senhor o guiará constantemente; satisfará os seus desejos numa terra ressequida pelo sol e fortalecerá os seus ossos. Você será como um jardim bem regado, como uma fonte cujas águas nunca faltam." (Isaías 58.11)

É muito importante que nossa pregação deva, por vezes, dar descrições de cristãos em um estado de fraqueza espiritual. Muitos há, nesta condição, que quando descrevemos os seus sintomas, eles podem chegar a conhecer a sua condição, e pela graça divina serem levados a ter o desejo de fugirem disto. Os remédios adequados sendo apontados, e sendo o cristão fervorosamente exortado à sua utilização, tenho a certeza de que tal ministério que descreve o estado doentio da experiência do cristão será considerado útil. Mas eu às vezes penso - e eu acho que você também, que tal pregação quando se detém continuamente sobre corrupção interna e a baixeza inata do coração é muito susceptível de levar os homens a pensarem que deve ser sempre assim com eles. A prevalência de incredulidade, depressão de espírito, apostasia e indiferença para com as coisas celestiais se torna crônica, e eles ficam tão familiarizados em refletir sobre este tipo de pregação, que o consideram como um estado em que um homem cristão pode muito bem ser encontrado.

Agora, quando os homens chegam a pensar assim, tal ministério fez-lhes uma grave lesão. Quando eles se gabam de que eles superam seus companheiros na experiência humilhante de suas próprias paixões pecaminosas. Quando eles ficam orgulhosos das coisas que deveriam levá-los a se envergonhar e começam a olhar para baixo sobre os outros que falam de alegrias santas e liberdades graciosas como meros recrutas do exército dos quais eles são os veteranos, então eu digo que o ministério tem sido venenoso para eles e as descrições de concupiscências carnais e diabólicas que eles ouviram promoveram uma imaginação miserável! Em vez de instar-lhes a lutarem contra o pecado, os sermões que ouviram apenas balançaram o berço de sua preguiça, dizendo-lhes "paz, paz", quando não há paz.

É uma melhor coisa a fazer, manter com frequência diante do olho do cristão o retrato de um crente em um estado saudável - para permitir que todos os que pertencem à Igreja entendam que não é necessário que sejamos fracos na fé, ou que nossas mãos devem ser frouxas e os nossos joelhos vacilantes.

Existe um estado mais santo, mais feliz e mais exaltado da fé triunfante, de doce comunhão, e de fervor santificado! E tal estado é atingível, e deveria ser atingido por todos os cristãos! E quando alcançado deveria ser a sua ambição constante nunca retroceder dele. Tendo uma vez que sido colocados sobre o monte elevado pela mão divina, deveriam sempre orar para serem mantidos lá, para louvor e glória da Graça de Deus.

Nós temos a esperança, de que por meio deste texto possamos ser capazes de retratar o cristão que está em seus momentos mais felizes! Quando a luz do Senhor brilha ao redor dele! Quando as visitações do Espírito Santo o refrigeram, e quando ele se alegra em Deus de todo o coração!

"O Senhor o guiará constantemente; satisfará os seus desejos numa terra ressequida pelo sol e fortalecerá os seus ossos. Você será como um jardim bem regado, como uma fonte cujas águas nunca faltam." (Isaías 58.11)

As pessoas que estão cheias do Espírito de Deus são descritas como possuindo orientação contínua. "O Senhor guiará constantemente."

O caminho da doutrina, às vezes é difícil. Aquele que entende a Verdade Divina vai, tenho a certeza, ser levado a confessar que ele não sabe tudo. É somente o homem que nada sabe sobre a Verdade de Deus que pensa que ele pode torcer as doutrinas e dizer o que é ortodoxo e o que é heterodoxo. O verdadeiro discípulo de Jesus Cristo, muitas vezes se aproxima de uma declaração da Palavra revelada com temor e reverência, querendo saber qual é a mente de Deus sobre ela.

Há um caminho que o olho da águia não viu, e a penetração do intelecto não pode descobrir, que o filhote de leão não tem pisado - mas se nós esperarmos em Deus, Ele vai nos mostrar o caminho!

Deixe o coração ser constantemente mantido ao pé da Cruz, e deixe o Espírito Santo orvalhar com a Sua influência sagrada e, embora nós possamos, por um pouco de tempo, através da nossa falta de capacidade mental, não conseguir compreender a verdade, não será por muito tempo. O Espírito Santo leva-nos a toda a verdade, e, portanto, o texto deverá ser cumprido, "O Senhor o guiará continuamente" seja com relação as questões de Providência ou a questões de instrução doutrinária.

Assim será igualmente em matéria de experiência espiritual. Nossa experiência muitas vezes parece ser como se não tivesse nenhuma regra. Há método na loucura de alguns homens, mas parece como se não houvesse nenhum método em nossa experiência. Hoje estamos na montanha, abençoados por Deus com plena segurança. Amanhã nós estamos nos vales sob a sombra escura, perguntando por quê, e perguntando se Deus se esqueceu de ser gracioso. O nosso caminho tem sido como o de Israel no deserto, quando o Senhor o conduzia - mas ainda acrescente-se que Ele o guiou e instruiu.

Cristão, Deus não te deixou em sua peregrinação terrena, sob a orientação de um anjo! Ele próprio vai liderá-lo!

A segunda bênção prometida no texto é a satisfação interior. “Satisfará os seus desejos numa terra ressequida pelo sol.”

Vocês veem que o texto diz que ele ficará satisfeito em épocas de seca, e realmente é assim, pois nos piores momentos de aflição o cristão está ainda satisfeito, porque a graça de Deus o capacita a isto.

A próxima bênção é saúde espiritual e felicidade. "E fortalecerá os seus ossos.” O vigor tem sido colocado em sua constituição, onde era mais necessário. Seus ossos foram renovados e fortalecidos. Oh, é uma coisa grande quando a alma está assim em saúde espiritual, quando os ossos estão fortalecidos! Você sabe o que isso significa, cristão? É quando você toma uma promessa e esta é aplicada com o poder, e você pode se alimentar dela! Quando você toma um preceito e sente a força concedida, pela graça de Deus, para cumpri-lo!

A alma está purgada de seus vícios, doenças, e incredulidade, orgulho, preguiça, e coisas do género. Há vigor aqui – não tibieza, nem frouxidão, nem indiferença.

Há crescimento - o homem não está atrofiado - ele acha que tem que chegar à perfeição, e não pode, portanto, parar onde está. Seus ossos crescem fortes. A satisfação interior parece ser expressada na figura. O homem está feliz, perfeitamente feliz! Ele está sempre alegre. Ele não emagrece com preocupações, mas engorda com o óleo da alegria.

A quarta bênção é que você será como um jardim regado. Esta figura de um jardim é muito doce e atraente. Tal jardim precisa de cuidados constantes, e, embora possa ser mais belo numa estação do que em outra, ele nunca será como uma terra selvagem totalmente desprovida de encantos.

O Jardineiro Celeste se regozijará com suas flores e frutos.

Quando o Espírito Santo visita o povo de Deus, eles são como um jardim que é regado todos os dias. Eles são verdes e florescentes, e suas graças são uma honra para Deus que os alimenta.

Mas, se o Espírito Santo é tirado do meio deles quão diferente é! E se Ele for totalmente retirado de nós - que, graças a Deus, ele nunca será – nós deveríamos ser apenas como o deserto do qual fomos tomados.

Cristão, como tudo depende da rega do Espírito, você precisa ser regado constantemente pela graça de Deus! Oh, não confie que você pode estocá-la, pois irá falhar, uma vez que a rega deve ser diária segundo o decreto de Deus! Não confie no que sua alma pode encontrar dentro de si mesmo como sendo a sua própria sabedoria e força, ou você será enganado! Vá ao Senhor e ore para que você pode ser regado diariamente com a graça como um jardim.

Além disso, há a bênção da força continuada, pois é prometido que Deus fará que você seja “como uma fonte cujas águas nunca faltam.” Há poços no Oriente que nunca secam e que trazem a inscrição: “águas que não mentem”. E assim o cristão verdadeiro nunca enganará aqueles que necessitam de sua graças, porque sempre terá muita Graça divina, todos os dias e continuamente. Quando um amigo cristão espera encontrar a Graça nele, ele não deve se decepcionar. Ele deve ser abençoado pela sua conversa. Ele deve ser encorajado por seu santo exemplo. Uma fonte de água não é dependente de nada além de si mesma. E o mesmo acontece com o cristão! Deus providenciou na aliança uma profundidade de água viva! Esta é uma das bênçãos pronunciadas sobre os filhos de Israel.

Eu não sei como algumas pessoas que acreditam que um cristão pode cair da Graça, conseguem ser felizes. Deve ser uma coisa muito louvável que eles sejam capazes de passar um dia sem desespero. Eu creio na doutrina da perseverança final dos santos, e o texto nos afirma isto pois é dito que o crente é como um manancial cujas águas nunca falham. A fonte de água que jorra para a vida eterna, que flui no interior dele, nas palavras do próprio Cristo.

Saiamos e regozijemo-nos porque temos dentro de nós uma vida que nunca pode morrer! Porque temos algo dentro de nós que pode nos satisfazer no pior dos tempos! Porque Deus está conosco, para ser o nosso guia e nosso querido amigo! Sendo os filhos favorecidos do Céu, e os herdeiros da imortalidade, vamos comer o nosso pão com alegria! Vamos suportar nossa presente pobreza material com esperança! Façamos alegres nossos momentos de provação com santa alegria!

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


Visite os Blogs abaixos:

Veja tudo sobre as Escrituras do Velho Testamento no seguinte link:

livrosbiblia.blogspot

Veja tudo sobre as Escrituras do Novo Testamento no seguinte link:

livrono.blogspot.com.br 

A Igreja tem testemunhado a redenção de Cristo juntamente com o Espírito Santo nestes 2.000 anos de Cristianismo.

Veja várias mensagens sobre este testemunho nos seguintes links:

http://retornoevangelho.blogspot.com.br/ 

http://poesiasdoevangelho.blogspot.com.br/

A Bíblia também revela as condições do tempo do fim quando Cristo inaugurará o Seu reino eterno de justiça ao retornar à Terra. Com isto se dará cumprimento ao propósito final relativo à nossa redenção.

Veja a apresentação destas condições no seguinte link:

http://aguardandovj.blogspot.com.br/ 


Silvio Dutra
25dutra@gmail.com
Igreja Orgânica de Jesus na Abolição
Rio de Janeiro - RJ

ONDE ESTÃO OS NOSSOS PÉS ????




Outro dia, ouvi alguém dizer que, nós não precisamos ter compromissos com nada e com ninguém, que cada um faz o que bem quiser e como quiser. A pessoa ainda dizia que ela, somente ela, era dona do seu próprio nariz e não tinha que dar satisfações. Que iria sim, em qualquer lugar que tivesse vontade, não importando se o tal lugar, fosse decente ou não. Que não haveria nada de mais em fazer o que ela faz. Será que é assim que funciona? Onde estão os nossos pés?

Desviei os meus pés de todo caminho mau, para guardar a tua palavra. Salmos 119:101. Existem muitas advertências, conselhos e mandamentos acerca dos nossos pés, seja no sentido espiritual, seja no físico. É preciso ter cuidado com as emboscadas, alguns caminhos são cheios de armadilhas. E quando menos se espera, já não há retorno. Devemos buscar a santificação em tudo, e isto, é, observar onde estamos pisando com os nossos pés. Deixar sim, nossa vida aos cuidados do Senhor, para que Ele dirija os nossos passos.

Para iluminar aos que estão assentados em trevas e na sombra da morte; A fim de dirigir os nossos pés pelo caminho da paz. Lucas 1:79. Essa pessoa acha que é capaz de viver livre, leve e solta. Sem compromissos, desleixadamente, sem prestar contas de seus atos aos seus familiares, a sociedade, aos amigos e principalmente a Deus. Vivemos em sociedade, precisamos uns dos outros, há regras, há respeito, educação. Precisamos viver em paz, necessitamos buscar ter paz com todos.

De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus. Romanos 14:12.Tudo, o que fazemos é de nossa responsabilidade. Há conseqüências, o pecado pode deixar nossos pés atolados, podemos seguir um caminho que não é bom. Atolei-me em profundo lamaçal, onde se não pode estar em pé; entrei na profundeza das águas, onde a corrente me leva. Salmos 69:2.

Aprendemos através da Palavra do Senhor, que precisamos sim, ter cuidado onde estamos colocando os nossos pés. Filho meu, não te ponhas a caminho com eles; desvia o teu pé das suas veredas; Provérbios 1:15.

Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do malProvérbios.4:27.

Não podemos esquecer jamais que os nossos pés precisam ser formosos, somos dependentes do Senhor, necessitamos do Seu cuidado e devemos seguir o exemplo de Jesus Cristo.

Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas. Romanos 10:15.


Valéria Belotti
valeria_belotti@hotmail.com
2ª Igreja do Evangelho Quadrangular
Assis