terça-feira, 21 de julho de 2015

Paróquia Betesda Olinda - PE


Precisamos fazer a obra de Deus dentro e fora da Igreja.


Oração.


Contatos.


Grupo de oração.


Se você puder ajude-nos


Contatos para pregação.


terça-feira, 14 de julho de 2015

O que é graça de Deus.




graca-deusTexto: 1 Pedro 5.10
"E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá"
Introdução
Após algum tempo de luta, costumamos sentir-nos fracos, sem conseguir enxergar uma luz no fim do túnel. Mas é nesses momentos de crise que precisamos trazer à memória que fomos criados por um Deus eterno, que tudo vê, sabe e pode, e que nos restaura por Sua maravilhosa graça.
No Antigo Testamento, a palavra hebraica para graça é chen, da raiz primitiva chanan, que significa ser gracioso; misericordioso; mostrar favor. No Novo Testamento, o termo grego para graça é charis, do verbo chairo, significando estar contente satisfeito. Daí a idéia de graça como algo que proporciona alegria, prazer, tanto a quem, espontaneamente, concede um benefício a outrem como a quem é favorecido.

I.O Deus de toda a graça
Em nossa vida cristã, podemos contar com a maravilhosa graça de Deus para:

1.1 — Enfrentar as tribulações
No momento de grande perseguição da Igreja primitiva, o apóstolo Pedro convidou os cristãos a humilharem-se diante de Deus, para que fossem exaltados (1 Pe 5.6-11).
1.2 — Crescer e amadurecer
As tribulações têm um propósito específico: levar-nos ao amadurecimento e à unidade da fé (Ef 4.13), de modo que não sejamos mais meninos inconstantes (Ef 4.14-16).
1.3 — Triunfar sobre as aflições
Somos encorajados a continuar firmes na fé, pois, assim como somos participantes das aflições em Cristo, assim seremos também da consolação (1Co 1.5,7).
1.4 — Caminhar rumo ao milagre
Você terá uma experiência com a maravilhosa graça de Deus quando passar pelas águas, pelos rios e pelo fogo (Is 43.2).


II. A maravilhosa graça de Deus
Subsídio teológico
Graça é o favor imerecido, benevolente, espontâneo, amoroso de Deus aos homens. É uma manifestação do amor do Senhor pelo ser humano sem que este tenha feito qualquer coisa para merecê-lo. É algo que brota espontaneamente do coração benevolente do único e verdadeiro Deus, que é Criador e Pai, que se dispõe a favorecer, abençoar, o homem com o dom da vida, tudo de que este necessita para sobreviver, e, mais especificamente, com a revelação da verdade que o leva à salvação, à vida eterna e a todas as bênçãos relativas.
De acordo com o léxico grego de Strong, graça diz respeito à “bondade misericordiosa pela qual Deus, exercendo sua santa influência sobre as almas, volta-as para Cristo, guardando, fortalecendo, fazendo com que cresçam na fé cristã, no conhecimento, na afeição, e desperta-as ao exercício das virtudes cristãs”.

Jesus é a expressão máxima da graça — A expressão máxima do favor de Deus ao homem, na medida em que o Verbo divino se fez carne e habitou no meio de nós, tanto para nos revelar o amor e o caráter do Pai como para expiar o nosso pecado e salvar-nos da perdição eterna, religando-nos ao Criador e concedendo-nos vida eterna (Hb 1.1-3).
Graça para revelar quem é Deus e o Seu poder - — Quando analisamos as Escrituras Sagradas com seus 66 livros, que culminam na revelação de Jesus como o Filho de Deus e Salvador da humanidade, percebemos que, em toda a Bíblia, a graça de Deus é manifestada de diversas formas.
Graça para nos tornar o melhor possível — A graça de Deus no ministério de Paulo não foi vã; antes, ele se achou trabalhando muito mais do que todos os seus cooperadores (1 Co 15.10). Foi como se ele falasse: “Não fui eu quem criou as oportunidades, mas não deixei de aproveitar nenhum a oportunidade que a graça de Deus me proporcionou.”
Vamos dar alguns exemplos práticos de como as pessoas lidam com a graça.

2.1 — Há pessoas que costumam usar mal a graça
Reclamam do emprego que têm, mas não querem estudar, para ascender profissionalmente, ou investir em outra profissão que lhes agrade e para a qual tenham habilidade e perspectiva de conhecimento.
 Leia : Os erros de Adão e Eva

2.2 — Há pessoas que costumam usar bem a graça
Se estão desempregadas, essas pessoas não desperdiçam oportunidades de trabalho. Mesmo que já tenham ocupado um alto cargo e agora estejam desempregadas, não jogam fora as chances que Deus lhes dá, e aceitam de bom grado ganhar um salário menor do que o anterior.

Graça sobre graça — A graça de Deus age em nossa vida para nos favorecer. Às vezes revela-se num ato nosso de gentileza, bondade ou solidariedade em relação ao nosso semelhante, ou num trabalho que desenvolvemos com primor que chama a atenção de alguém para as nossas atitudes ou para o dom que temos, os quais suprem a necessidade de outrem.

III. Graça para suprir extremas necessidades
Analisemos a história de alguns personagens bíblicos que tiveram supridas as suas necessidades.
3.1- Miraculosa provisão
3.2 — Milagres que alcançam outros
Elias foi sustentado por uma pobre viúva (1 Rs 17.12), que recebeu a provisão necessária para alimentar-se, alimentar seu filho e o profeta por todo o tempo de seca (1 Rs 17.13,14).
3.3 — Graça multiplicadora
A viúva de Sarepta obedeceu à palavra de Elias e preparou um bolo primeiro para ele. E o resultado foi Deus multiplicar o alimento naquela casa.
3.4 — Usando o inusitado
Deus usou quatro leprosos para mostrar a provisão para o povo quando a nação de Israel passava fome (2 Rs 7.3-16).
Transbordante graça — A graça de Deus é suficiente para suprir extremas necessidades em nossa vida, mudar as circunstâncias e o rumo da nossa história.

IV. Graça para mudar circunstâncias da vida
O que a graça é capaz de fazer?
4.1 — Libertar
Paulo e Silas cantavam no cárcere inferior e, de repente, a graça fez estremecer as cadeias e libertou-os de maneira milagrosa (At 16.26).
4.2 — Surpreender
De repente, de onde você não espera, num dia em que não imagina, virá a vitória, a resposta do Altíssimo para você. Isso porque a lógica divina não tem a ver com a humana.

V. Graça para avançar e crescer
Após o terremoto na cadeia onde estavam Paulo e Silas, o carcereiro tentou suicidar-se ao descobrir que os presos haviam fugido. Mas Paulo impediu tal intento e ainda o ganhou para Jesus (At 16.30,31). A graça também faz o mesmo conosco. Ela:
5.1 — Transforma-nos para melhor
A salvação só pode concretizar-se por intermédio de Jesus. Ninguém é salvo por boas obras e por justiça própria; todos nós somos salvos por meio da graça, do favor imerecido de Deus (Ef 2.8).
5.2 – Transporta-nos da morte para vida
A graça não nos conscientiza de nossos pecados para que soframos com uma culpa que não pode ser expurgada. Ao contrario ela visa trazer o perdão e conseqüentemente solução à culpa. Deus apaga as nossas transgressões (Is 43.25)

Conclusão
A verdade é que não temos o poder de salvar ninguém, sequer a nos mesmo. Somente a maravilhosa graça de Deus pode nos fazer-nos coparticipantes das bençãos celestiais

Fonte: http://www.mefibosete.com/2013/06/estudo-sobre-graça-deus-jesus.html 

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Deus é um Deus de amor.

Quem é Deus semelhante a ti, que perdoa a iniquidade, e que passa por cima da rebelião do restante da sua herança? Ele não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na sua benignidade.
Tornará a apiedar-se de nós; sujeitará as nossas iniquidades, e tu lançarás todos os seus pecados nas profundezas do mar.
Miquéias 7:18,19

Ajude-nos

Estamos com o grande desafio de implantar nossa Igreja na cidade de Betim/MG, você que puder e sentir em seu coração ajude-nos, com uma oferta de qualquer valor.

porque Deus ama ao que dá com alegria.
2 Coríntios 9:7 B

sábado, 11 de julho de 2015

Não dê lugar ao diabo

nao-de-lugar-pecado












Texto: Efésios 4.24

Introdução
Tal recomendação foi feita à Igreja. Não dê espaço em sua vida para o diabo. A possibilidade de dar lugar à sua ação está em nós mesmos. As palavras de Paulo relacionadas a esse tema estão em consonância com a teoria do livre-arbítrio.


1. Duas características da ação do diabo contra as quais devemos estar firmes (Ef 6.11)

1.1 —Astúcias
São habilidades e sagacidades para enganar o ser humano. O diabo usa a astúcia para enganar os cristãos.

1.2 — Ciladas
Lugares apropriados para esperar a presa ou o inimigo, O diabo nos espera no melhor lugar 
para tentar derrotar-nos.

Nota cultural
Satanás é mais rápido do que a luz, que percorre quase trezentos mil quilômetros por segundo, e mais preciso do que o raio laser. Ele não necessita de um espaço grande para se infiltrar, podendo se comparado à água, que penetra por orifícios imperceptíveis aos olhos humanos.

II. O mundo é o instrumento utilizado por Satanás para tentar ocupar espaço em nossa vida.
De acordo com 1 João 2.16, ele utiliza:

2.1 — A cobiça da carne
Tudo aquilo que atrai a natureza pecaminosa do homem.
2.2 — A cobiça dos olhos
Aquilo que mais nos atrai. Cabe ressaltar que as ciências humanas descobriram que o que está mais próximo do processo mental é a visão.
2.3 — A soberba da vida
O homem pensar que não necessita de Deus para resolver seus problemas.

Nota cultural
O ser humano é constituído de espírito, alma e corpo. O espírito é a natureza suprema que rege a qualidade da alma, e tem duas faculdades: a fé, a natural e a que nos leva a Deus; e a consciência, a lei moral e espiritual que aprova e reprova nossas condutas. A alma possui três faculdades: inteligência, sentimentos e vontade. E o corpo possui cinco faculdades: audição, olfato, paladar, tato e visão. A alma retira as impressões do mundo externo pelos sentidos do corpo, e essas atingem as faculdades desse segundo constituinte do homem.

III. Três principais artifícios que Satanás utiliza para ocupar as áreas de nossa vida

3.1 —Sexo
O inimigo usa urna pessoa bonita. Então, a impressão é retirada por meio da visão, que envia um comando para o cérebro. Daí,se tivermos a nossa consciência neutralizada, a vontade da carne vai controlar todas as faculdades para possuir aquela mulher. Mas, se tivermos uma consciência purificada no sangue de Cristo (Hb 9.12), não seremos levados pelas tentações do diabo; a consciência dirá: “Não faça isso, pois você vá desagradar a Deus e destruir o seu lar”.
3.2 — Poder
O inimigo tentou Eva pelo poder. Ele disse: “No dia em que você comer da árvore da Ciência do bem e do mal, será igual a Deus” (Gn 3.5). Ela, então, viu que o fruto era bom, agradável aos olhos e desejável (Gn 3.6); exercitou a visão, viu que era agradável e desejou.
3.3 — Dinheiro
Judas se deixou enganar pelo dinheiro (Jo 12.6). Esse apóstolo não poderia trabalhar com dinheiro, pois era tentado a roubar. Satanás entrou por meio dessa fraqueza, porque ele deu lugar (Lc 22.3) e vendeu Jesus por trinta moedas, e depois cometeu suicídio.

IV. Como podemos dar lugar ao diabo

4.1 — Vivendo no pecado
Se vivermos no pecado, em desobediência, estaremos dando lugar ao diabo. Isso é o que nos separa de Deus (Is 59.2).
4.2 — Deixando a casa vazia
A pessoa que, depois de aceitar Cristo, não der prosseguimento à sua fé, deixará a sua “casa” limpa e vazia para que o diabo nela entre. Quando o espírito imundo volta para a casa, encontra-a varrida e adornada, então vai e leva mais sete espíritos piores do que ele (Lc 11.25,26).

V. Como não dar lugar ao inimigo

5.1 — Poder
Como fazer para não ficarmos envaidecidos com o poder? A receita é gloriar-nos no Senhor, reconhecendo que dependemos dele e que o poder que possuímos na terra é outorgado por Ele (Jr 9.23,24).
5.2—Sexo
O sexo atende às necessidades fisiológicas, psicológicas e espirituais. Mas a receita para vencer a tentação é fugir da prostuição e dos desejos da mocidade (1 Co 6.18; 2 Tm 2.22).
5.3 — Dinheiro
Os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em cobiças loucas e nocivas que levam o homem à perdição (1 Tm 6.9,10). Se você não quer ceder à tentação, seja liberal.

Conclusão

Citamos esses três aspectos entre tantos outros que pertencem ao campo da cobiça dos olhos, cobiça da carne e soberba da vida. Se você não quer dar lugar ao diabo, ande em espírito (Cl 5.16), busque as coisas que são de cima, ore e medite na Palavra de Deus, e deixe o Espírito Santo encher a sua vida.

Fonte:  http://www.mefibosete.com/2013/09/esboco-pregacao-pecado-diabo.html