sábado, 5 de abril de 2014

Nossa Liturgia

A adoração é o coração da IECB, como convergência das coisas "antigas" e "novas" guardadas no tesouro, de acordo com Mateus 13.52.

Como ponto de partida, a IECB se arraiga na tradição Anglo-Celta, que remonta ao terceiro século. Esta aproximação anglicana permite uma tremenda flexibilidade com expressões locais, sem colocar em risco os essenciais da fé. Esta tradição histórica pode permitir uma ordem simples de adoração, como também adorações mais elaboradas.

Duas condições são fundamentais para a adoração na IECB. Uma, é a comunidade estar aberta para a livre atuação do Espírito Santo. A outra, é a forma litúrgica, que nos é mostrada na Bíblia e na tradição da Igreja em seus primeiros séculos.

Uma das marcas distintivas da IECB é a sua liberdade no que se refere ao Espírito Santo. Nossa adoração é muito mais que litúrgica. Ela é sensível ao que Deus busca fazer no meio de Seu povo. O Espírito Santo é livre para manifestar-se em meio à adoração da Igreja.

A liturgia é fundamentada na Igreja dos Apóstolos e anterior ao Novo Testamento. Suas raízes estão na adoração judaica, praticada no Templo e nas Sinagogas, combinada com as celebrações eucarísticas dos cristãos primitivos. Através da liturgia ela se une, não só na forma eterna de adoração no céu, como também entra na adoração histórica dos séculos.

Através de uma liturgia rica e autêntica, expressa as verdades religiosas, denuncia heresias, e oferece uma expressão verdadeira de adoração à Trindade.

Embora variem no grau de solenidade, as Paróquias da IECB observam o Ano Litúrgico da Igreja, seguem o ciclo do lecionário de leituras da Bíblia, e a forma autorizada de adoração nas Celebrações aos domingos.


Os elementos seguintes são prescritos para a adoração na IECB:


PALAVRA DE DEUS

Um hino de abertura ou canto coral (como uma entrada antes do Trono de Deus)
Uma oração curta reconhecendo os atributos de Deus e pedindo o Seu favor.
Um tempo de adoração e louvor.
Confissão de pecados e absolvição
(em preparação para receber a eucaristia)
Leituras Bíblicas
Sermão
Credo Niceno ou Apostólico.
Oração Comunitária.


A MESA DO SENHOR
O ofertório (apresentação dos dízimos e ofertas).
Elevai os corações (Sursum Corda - chamada antiga para adorar a Cristo)
Santo, santo, santo (Sanctus - as palavras ouvidas por Isaías e João).
Palavras de instituição (repetindo a história da última ceia).
Epiclesis (convidando o Espírito Santo a infundir e auxiliar pelos sacramentos).
A oração - Saudação da Paz.
A fração do pão.
Distribuição do Pão e do Vinho.
Uma oração em Ação de Graças
A Bênção e a Despedida

A IECB adotou o Livro de Oração Comum (LOC) versão norte-americana de 1979, provisoriamente. Entende que esta liturgia expressa com fidelidade os padrões de adoração desfrutados pela Igreja Cristã.

Nenhum comentário: