quinta-feira, 7 de junho de 2012

Vinde a mim todos vós que estais cansados


Vinde a mim todos vós que estais cansados

Preste bem atenção ao que diz o tema/título desta mensagem. Hoje estava meditando no Evangelho de Marcos e passei por uma passagem muito conhecida; e é sobre ela que eu gostaria de falar. O texto em questão é sobre uma mulher que sofria a muitos anos de uma hemorragia severa.
Estando a meditar, um versículo especificamente prendeu-me a atenção; Marcos 5.26: “… e que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha, nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior”.
Faço-lhe a mesma pergunta a que fui impelido pelo Espírito do Senhor, em meu coração, a responder:
A respeito de quem este versículo (V. 26) está falando? Pense por um momento!
Provavelmente você respondeu: “Ora… é da mulher que padecia da enfermidade!”.
E eu respondo: A história é a respeito desta mulher. Mas, na verdade, como por revelação que vem pela Palavra de Deus; digo: “Essa passagem (O versículo 26) diz respeito a mim e a você!”.
A história (e as circunstâncias) novamente se repete, muitas vezes, em nossas vidas. Ao invés de ler e meditar sobre toda a história, meus olhos se prenderam no versículo 26; e por esta causa que digo que as circunstâncias se repetem em nossas vidas.
Ora, todos nós queremos sanar/resolver nossos problemas. Aquela mulher padecia a muito tempo daquela enfermidade; e procurou sanar o seu problema. Não obstante ao fato de querer dar uma solução ao seu problema, ela não encontrara solução para tal.
A bíblia diz  que, onde ela deveria encontrar a “solução”, foi, justamente, onde ela encontrou mais aflição.
A primeira parte do versículo 26 diz que ela havia padecido muito na mão de muitos médicos. Eu pergunto: Vamos ao médico para sofrer mais ainda ou vamos à busca de uma solução?
E não somente isto, Marcos diz que essa mulher gastou todos os seus recursos, tudo quanto tinha. E digo; isto não é o pior… O versículo continua: “… nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior”. Que situação terrível!
Tudo o que a mulher fazia; cada vez que utilizava os seus recursos, ao invés de melhorar ou solucionar seu problema, ao contrário, as coisas iam de mal a pior.
Muitas pessoas viveram e muitas outras vivem hoje, as circunstâncias que esta mulher viveu. Cada um com o seu problema, com sua dificuldade; mas, em essência, as circunstancias são parecidas. Simplesmente, tudo o que fazem para resolver ou solucionar a situação, não surtiu ou não surte o efeito esperado. Já gastaram todos os recursos sem nada aproveitar. E verifica-se em muitos casos que, da onde deveria vir a solução, ao contrário, vem a DECEPÇÃO!
Tente por um momento imaginar o cansaço, o desgaste físico, emocional e até, talvez, espiritual desta mulher. Tal é a situação de muitos: ESTÃO ESGOTADOS, DECEPCIONADOS, CANSADOS, FÁTIGADOS!
E meio as dificuldades, problemas, enfermidades, decepções, fadigas (etc. etc. etc.) que esta mulher viveu e que nós vivemos; está O CONVITE DE JESUS. Ele (o convite) sempre foi o mesmo: “Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos [sobrecarregados]…”. (Mateus 11.28). Não há limites e limitações de circunstancias; é para TODOS OS QUE ESTÃO CANSADOS E SOBRECARREGADOS por alguma razão.
Ao final da história, e esgotados todos os recursos e todas as suas forças, a mulher, achega-se a Jesus e toca-lhe as vestes. Mas, não é um simples toque, não é o mesmo toque das multidões. É um toque de desespero, de fé, um toque de cansaço, o toque, talvez, da última esperança e determinação!
Não basta tocar! Tocar, todos dizem tocar. Mas é a forma ‘como se toca’ a Jesus que faz a diferença.
Em que ponto, nós nos assemelhamos a essa mulher? Em buscar todos os recursos possíveis, e só após todos os recursos falharem, buscar a Jesus. E, também, em chegar ao fundo do poço; ao fim das nossas forças físicas, emocionais e espirituais para buscá-lo; ao passo que poderíamos ter feito isto antes.
O convite continua aberto e sempre continuará: “VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS CANSADOS”. Não espere chegar as “últimas” para tomar esta decisão de IR (ou VIR) a JESUS E ECONTRAR DESCANSO PARA VOSSA ALMA.
Talvez, a solução do seu problema não seja para já, agora! Mas, o que posso lhe garantir é: Refrigério, Descanso, Paz, Alívio para vossa Alma. E estratégia vinda da parte do Senhor para solucionar o seu problema.
Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve
.

Nenhum comentário: