sábado, 9 de junho de 2012

A Doutrina da Reencarnação e a Palavra de Deus


A Doutrina da Reencarnação e a Palavra de Deus

       Um dos argumentos dos que defendem a reencarnação é que Deus seria injusto se não desse mais de uma chance ao homem. O próprio Deus responde com Sua Palavra:
 
"E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disso, o juízo" (Hb 9.27).
 
      Os kardecistas afirmam que após a morte o espírito continua assumindo outros corpos, com o objetivo de atingir a perfeição. Deus diz que "o sangue de Jesus nos lava e purifica de todo pecado" (1 Jo 1.7-9). Ora, o sacrifício de Jesus no Calvário foi perfeito e suficiente. Quem nEle crê tem a vida eterna, diz a Palavra. Segundo o ensino kardecista, a perfeição seria atingida através de sucessivas vidas, no decorrer das quais haveria necessário sofrimento. Ora, por esse ensino, evitaríamos até aliviar as dores do próximo, pois estaríamos atrasando o seu passo rumo à perfeição. Jesus disse ao ladrão arrependido: "Hoje estarás comigo no paraíso"(Lc 23.43). Jesus não lhe falou a respeito de um período de aperfeiçoamento. A doutrina da reencarnação é em tudo contrária ao ensino das Sagradas Escrituras. É doutrina de demônios.

Nenhum comentário: